MAAT: Ficção e Fabricação. Fotografia de Arquitetura após a Revolução Digital

 
 
JAMES WELLING, 0462, 2009

JAMES WELLING, 0462, 2009

 
 

FICÇÃO E FABRICAÇÃO. FOTOGRAFIA DE ARQUITETURA APÓS A REVOLUÇÃO DIGITAL

MAAT (Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia)

Irá inaugurar a exposição Ficção e Fabricação. Fotografia de Arquitetura após a Revolução Digital no dia 19 de Março de 2019 no MAAT, em Lisboa.

O Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia e a Coleção de Fotografia Contemporânea do NOVO BANCO, têm o prazer de o(a) convidar para a inauguração da exposição Ficção e Fabricação: Fotografia de Arquitetura Após a Revolução Digital, no dia 19 de março, entre as 19h e as 21h, no edifício do MAAT.

Ficção e Fabricação reúne quase 50 artistas que constroem e manipulam imagens feitas a partir de objetos e espaços arquitetónicos. Assinalando os 30 anos da invenção do Photoshop e da invasão das ferramentas digitais na produção fotográfica, esta mostra foca o imaginário da arquitetura como tema fulcral de uma prática expandida da fotografia na arte contemporânea. Desde as obras seminais de Andreas Gurski, Thomas Ruff, Jeff Wall ou Thomas Demand até às criações ficcionais de Beate Gütschow, Oliver Boberg ou Isabel Brison, delineia-se um panorama da fotografia de arquitetura que contorna abordagens objetivas e privilegia as efabulações sobre o real entre o olhar cinematográfico, a desconstrução da imagem ou as narrativas mais politizadas. Numa era em que os meios digitais dominam a fabricação de imagens arquitetónicas para consumo mediático, as ficções provenientes do campo artístico surgem aqui como uma alternativa crítica que interroga e amplia a conceção da arquitetura.

A exposição conta com a curadoria de Pedro Gadanho e Sérgio Fazenda Rodrigues e pode ser visitada na Galeria Principal do MAAT das 11h às 19h até dia 19 de Agosto de 2019.